De 22 a 31 de julho, em Brasília, o VI Festival da Mulher Afro Latino Americana e Caribenha, Latinidades, vai apresentar a Exposição Fotográfica Colaborativa Cabelaço, composta por trinta fotos de cabelos e penteados afro.

cabelaco

A inspiração para a exposição vem do projeto Cabelaço, ato politico cultural realizado peridiodicamente pela Irmandade Pretas Candangas, grupo de mulheres negras ativistas do Distrito Federal. O ato é geralmente realizado na Rodoviária do Plano Piloto, por onde passam diariamente mais de seiscentas mil pessoas, vindas de todas as Regiões Adminsitrativas. Envolve música, capoeira, break, poesia, samba de roda e outras manifestações e linguagens artísticas negras, para chamar atenção contra o racismo e homenagear personagens e fatos históricos relacionados ao calendário afro-brasileiro. A ideia é dar destaque para a questão da estética e auto-estima do povo negro, com o mote das apresentações, que acompanham frases declamadas e levantadas em faixas, bandeiras, megafones, pedaços de papel, lambe-lambes e o que mais surgir de recursos, tendo como slogan: Meu cabelo é bom, ruim é o racismo”.

Enquanto mulheres e homens negr@s, de todos os tons de pele, ainda sofrem por carregarem cabelos crespos ou mesmo cacheados e tem sua auto-estima deteriorada por um padrão de beleza racista, a pauta dos cabelos crespos é extremamente cara e se destaca cada vez mais entre os temas dos movimentos sociais e culturais negros.

Interessadas/os em participar poderão encaminhar fotos de 5 até 10mega, CMYK 300dpi, para o e-mail exposicao.cabelaco@gmail.com com título e créditos da/o fotógrafa/o. Não é necessário ser profissional. As trinta melhores fotos irão compor a exposição, que se destina a brindar a beleza, diversidade e possibilidades estéticas de cabelos, cortes e penteado afro-brasileiros.

Serviço: (061) 3233 6230 / exposicao.cabelaco@gmail.com


Colaborou com o Blogueiras Negras o coletivo Pretas Candangas.