Pensem em um livro que te faz viajar até África sem sair do lugar, é ele.

O, A África meu pequeno Chaka é um diálogo de um garoto com seu avô. A linguagem é bem leve, por ser um livro infantil.

Chaka, o garotinho, nos apresenta seu vovô Dembo e mostra muito amor, respeito e admiração por ele.

Eles iniciam um diálogo onde Chaka, faz diversas perguntas para o vovô Dembo sobre a África e sua vida na infância. Vovô Dembo, como um verdadeiro Griot, me fez relembrar dos meus momentos com as minhas avós, quando eu as visito e elas começam a contar histórias de suas memórias, recheadas de ensinamentos maravilhosos que fazem a gente repensar a vida, nossos valores e nossa própria identidade.

Assim é vovô Dembo, um sábio e acima de tudo um educador que com muita paciência, responde as perguntas de seu “Pequeno Chaka”, como ele mesmo o chama.

A ilustração foi outro elemento que me encantou muito. Imagens de elementos Africanos, imagens muito semelhantes a desenhos reais, como de crianças, pintados de lápis de cor. Um encanto!!

África meu pequeno Chaka é um daqueles livros onde podemos ensinar nossos filhos a entender sua origem e ter orgulho de sua identidade.

Ele trata de infância, família, religião, natureza e linguagem.

Um livro bem representativo, com nomes de origem Africana, bem coerente e totalmente dentro da proposta do título.

REFERÊNCIA

Autoria do livro: Marie Sellier/Marion Lesage